Top 20 – Melhores Séries da Década (Parte 1)

27 de março de 2010 at 20:00 6 comentários

Studio 60 On The Sunset Strip – 17 pontos (1 pódio)
2006 – 2007
criada por: Aaron Sorkin.

“Quando eu vi o primeiro episódio de Studio 60 ele já havia sido cancelado nos Estados Unidos, eu já havia lido muita gente falando mal, e olha que eu fujo de spoilers o máximo que posso. Quando eu vi o primeiro episódio de Studio 60 eu havia me preparado para não gostar tanto assim do que veria. Quando eu vi o primeiro episódio de Studio 60 eu ainda não chamava Aaron Sorkin de gênio e ainda não havia me apaixonado por Bradley Whitford… Eu ainda achava que Matthew Perry ia só fazer uma nova versão de Chandler Bing, e não poderia estar mais enganada. Quando eu vi o primeiro episódio de Studio 60 eu me apaixonei. De maneira parecida com que me apaixonei por outros seriados dos quais fui fã, mas de maneira totalmente diferente. E quando eu terminei de ver What Kind of Day Has It Been eu chorei, chorei pelo que esse seriado poderia ter sido e pela falta que sentirei dessas pessoas em minha vida daqui em diante, mesmo a chata da Harriet, mesmo eles não sendo de verdade.” (Simone Miletic)

Sex and the City – 17 pontos (2 pódios)
1998 – 2004
criada por: Darren Star.

“Iniciada ainda ao fim dos anos 90 (mas com maior parte de temporadas exibidas na última década), Sex and the City não foi apenas uma série que confirmou a HBO como sendo uma das emissoras mais ousadas em termos artísticos como pode ser considerada um marco feminino na história recente da televisão. Através de quatro personagens bem delimitadas (e com personalidades que facilitam a identificação do espectador em diversas situações), é um show que será marcado por mostrar as mulheres de uma maneira realista e também discutir questões relacionadas à sexualidade de forma bastante natural – sem esquecer, claro, do papel da moda e de Nova York em meio a isso. Um total acerto para o gênero de comédia.” (Vinicius Farias)

30 Rock – 16 pontos
2006 –
criada por: Tina Fey.

“Depois de Arrested Development, eu nunca achei que pudesse existir alguma série que conseguisse se equiparar a ela. Veio alguns cavalos paraguaios, como My Name Is Earl. Algumas ótimas séries como The Office e Mother, mas nenhuma chegava sequer arranhar a qualidade da série de Michael Bluth. Mas isso foi até surgir 30 Rock. A série é uma metralhadora como nunca se viu antes. Não é algo pensado milimetricamente como Arrested. Aqui os tiros são dados para todos os lados e sem medo de errar. E há os erros, muitos ou poucos. Mas quando eles acertam, somos presenteados com algo genial. E quando eles conseguem acertar todos os tiros em um episódio, pode ter certeza que você não verá coisa melhor. Basta dizer que  quem assistiu a série, nunca mais conseguirá levar  Alec Baldwin a sério.” (Anderson Vidoni).

The Shield – 15 pontos (1 pódio)
2002 – 2008
criada por: Shawn Ryan.

“É simples assim: The Shield é a maior série policial de todos os tempos. Mas se você quer uma maior justificativa para esta afirmação, posso tentar. Se fizéssemos uma árvore genealógica dos dramas policiais, a criação de Shawn Ryan seria o fruto mais vistoso de um galho formado por shows policiais realistas, focados em mostrar o trabalho da polícia de forma direta e crua. O galho começa lá atrás, com Chumbo Grosso (Hill Street Blues), nos anos 80 (que teve entre seus produtores Scott Brazil, o mais importante dos produtores e diretores de Shield), e Homicídio (Homicide: Life on the Street) e Nova York Contra o Crime (NYPD Blue), nos anos 90. Mas The Shield elevou esta proposta a enésima potência, com uma história inspirada nos escândalos de corrupção envolvendo policiais da Rampart Division da polícia de Los Angeles com um episódio piloto que termina de forma brutal, com o protagonista matando um colega policial a sangue frio. Saindo de The Shield o galho segue, influenciando muito do que se faz no gênero desde então. Sem Vic Mackey não teríamos Dexter, com certeza. The Shield também foi a primeira série a fazer sucesso de crítica fora das grandes redes e da HBO. Ela mostrou um novo caminho de produção, de distribuição e de se fazer TV de qualidade, com baixo custo. Mas uma série não é construída só em torno de uma grande ideia e de bons roteiros (e é incrível o número de vezes onde as coisas pareciam que iriam se esgotar ou dar totalmente errada para os protagonistas e uma virada narrativa renovava o show, que chegou, sem perder o fôlego, a 88 episódios). Na execução da série, se destaca ainda o ótimo elenco, curiosamente formado por atores desconhecidos ou fora do radar – em entrevista recente, Shawn Ryan explicou que eles tiveram enormes dificuldade para selecionar o elenco do piloto, muitos atores se recusavam a fazer as audições, por não acreditar no roteiro ou na capacidade da FX de produzí-lo. Melhor para Michael Chiklis, Jay Karnes, CCH Pounder e cia., que agarraram com unhas e dentes (e sangue e vísceras) seus papéis . Ah, e a série ainda revelou Kristen Bell, Alex O’Loughlin e, quando a peteca parecia que ia cair, o show trouxe para a TV Glenn Close (e depois Forest Whitaker, pouquinho antes de ganhar Oscar). Ou então, simples assim: The Shield é a maior série policial de todos os tempos.” (Paulo Antunes)

Entry filed under: Especiais. Tags: .

Ranking – Fevereiro 2010 Top 20 – Melhores Séries da Década (Parte 2)

6 Comentários Add your own

  • 1. Vinícius P.  |  27 de março de 2010 às 20:39

    “Sex and the City” fez parte de meu pódio, mas pensei que seria totalmente esquecida pelos votantes, que bom ter entrado. Já “Studio 60” foi uma surpresa, até por só ter uma temporada.

  • 2. Adhemar Martins  |  27 de março de 2010 às 21:15

    Deixar Prison Break de fora… e colocar Shield… só por isso não da pra levar a sério!!!

  • 3. Daniel Barcelos  |  27 de março de 2010 às 22:54

    Prison Break??? hahahahahahaha

  • 4. Alfredo  |  28 de março de 2010 às 15:45

    A lista está até boa mais deixa CSI Vegas, Chuck e Supernatural de fora vocês estão de brincadeira.
    Se Prison Break tivesse apenas as duas primeiras temporadas, com certeza ela estaria entre as 5 melhores.

  • 5. Paulo Antunes  |  30 de março de 2010 às 00:06

    Adhemar, o senhor é um fanfarrão!

  • 6. annekaroline  |  30 de outubro de 2013 às 16:51

    afff cadê sobrenatural

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Twitter @blogsdeseries

Blog Stats

  • 205,071 hits

BlogBlogs

Add to Technorati Favorites

março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: